18.10.11

Gulosos

Se há coisa que gosto é ser roubada. Quando tinha um salário fixo, mais ou menos simpático, a cair na conta todo o santo mês, elas nem olá diziam. "Despesas de manutenção de conta". Desconhecia estas senhoras até ontem. Fizeram-se notar com uma factura de 15 dolorosos euros. Então, de talão de movimentos de conta na mão [tive que mandar a sustentabilidade ambiental à fava e imprimir um comprovativo para apresentar prontamente à menina do balcão], lá fui ao meu banco pedir explicações. Ingénua, perguntei se as despesas eram anuais. Pois que são trimestrais. Perguntei se antes, no tempo em que pastava vacas gordas, elas eram presença assídua do meu saldo. É que não me lembro de as ter visto. Não, não eram. Pois é querida, é precisamente quando o dinheirinho deixa de entrar que começam a sacar o que podem e o que não deviam. "Então e não há maneira de contornar estas despesas, tendo em conta que não vou ter salário domiciliado tão cedo?". Há. Um depósito de 1.000 euros. "Mas não há nenhum outro tipo de conta que me isente dessas despesas?" Não. Pois, mas uma coisa é roubarem-me e outra, bem diferente, é comerem-me por parva. É que, neste momento, tenho na minha posse informação, documentalmente sustentada, de que no mesmo banco [aquele da menina engomadinha com risco ao lado], existe uma conta à ordem de Serviços Mínimos Bancários, uma solução curiosamente direccionada a todas aquelas pessoas que, como eu [coincidência], não têm qualquer outra conta e estão nas lonas. Pois é chefinha máxima dos serviços mínimos, quero ver o que me dizes amanhã quando te pedir uma migração para essa conta...

publicado por ARA às 22:42
link do post | comentar | favorito

Seguir no SAPO


ver perfil
seguir perfil

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

grande animação! ;)
Se foi essa tragédia toda por causa de uma venda n...
Hmm, eu pensei que não valia a pena por Billy ou B...
Nunca imaginei que um simples anúncio poderia prov...
Obrigada, mami! Graças a elas, há material para po...

Posts recentes

Deixe o amor entrar*

Do Barril

Das leis do Universo

A Guerra dos Tronos

A menina escreve?

Arquivo

Novembro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Janeiro 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Mais comentados

subscrever feeds