22.7.11

Untitled

Always leaving, never arriving... giant steps or like a small scared cat... growing up, being a child... getting lost and being found... finding a path that leads to nowhere... wondering where i came from... feeling of freedom, wind and sea... can only find me when i get lost... always leaving, never arriving... [www.lostmichi.com]*

 

Lost Michi podia ser apenas mais uma banda que uns dirão ser indie, outros low-fi ou acústica, outros ainda afirmarão ser, definitivamente, experimental. Eu cá, comum mortal, estou um bocado nas tintas para saber o nome do rótulo que os críticos e pseudo-críticos desta vida atribuem à música que me atropela sem pedir licença. À música que, vai-se lá saber porquê, me invade as entranhas e, de algum modo, altera-me o caminho e a velocidade da circulação, acelerando a pulsação cardíaca. Eu gosto da música que me desrespeita. Aquela que me incomoda. E, essa, não precisa de labels, obrigada.

 

Quem olha para a Natália, na sua figura delicada e rosto doce, poderá pensar: "ah, tão fofinha...deve cantar uns la la las e arranhar uns acordezitos na sua guitarra". Engana-se. Nascida no Porto e formada em Artes, esta menina mulher tem uma das vozes mais incríveis que já ouvi. Grave. Poderosa. Um statement ao qual é impossível ficar indiferente. Juntamente com Eddie, fotógrafo e músico belga abençoado com a gentileza italiana, do pai, e a educação inglesa, da mãe, os Lost Michi formam um interessante colectivo de música, fotografia, vídeo e performance.

 

Donos de uma humildade e profissionalismo de fazer inveja a muito boa gente, os Lost Michi "enchem" a sala com o seu jogo de vozes (Natália grava apontamentos de voz que vai utilizando, em camadas, na mesma música, criando sonoridades incríveis), percussão, bateria, guitarra e imagem. Self-made band, os Lost Michi criam a sua música e, também, todos os suportes de foto e vídeo, projectando-os nos concertos.

 

Na próxima quinta-feira, dia 28 de Julho, os Lost Michi actuam no Clube Ferroviário pelas 21H. I'll be there.

 

* "Michi" é uma palavra japonesa que significa "sentido".
publicado por ARA às 16:25
link do post | comentar | favorito

Seguir no SAPO


ver perfil
seguir perfil

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

grande animação! ;)
Se foi essa tragédia toda por causa de uma venda n...
Hmm, eu pensei que não valia a pena por Billy ou B...
Nunca imaginei que um simples anúncio poderia prov...
Obrigada, mami! Graças a elas, há material para po...

Posts recentes

Deixe o amor entrar*

Do Barril

Das leis do Universo

A Guerra dos Tronos

A menina escreve?

Arquivo

Novembro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Janeiro 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Mais comentados

subscrever feeds